PREFEITO E PRESIDENTE DA SANASA ENTREGAM MAIS UM RESERVATÓRIO DE ÁGUA POTÁVEL


Ampliar
O prefeito de Campinas, Jonas Donizette, e o presidente da Sanasa, Arly de Lara Romêo, entregaram nesta quinta-feira, 24 de agosto, mais um reservatório em Campinas. Trata-se do Reservatório de Água Potável São Vicente que terá capacidade para armazenar 3.500 metros cúbicos (3 milhões e meio de litros).
Ampliar
O bairro já conta com um reservatório de 3 milhões e 200 mil litros de reserva de água potável. Com a inauguração desse novo, a capacidade vai dobrar, passando para 6 milhões e 700 mil litros. Juntos, os dois reservatórios vão abastecer 35 bairros, atendendo aproximadamente 50 mil pessoas. “Essa região é simbólica, porque durante a crise hídrica, o reservatório estava com problema e, para consertá-lo, era necessário esvaziá-lo. Com a inauguração hoje deste reservatório, será possível fazer o conserto do antigo, possibilitando que as pessoas tenham mais segurança hídrica”, destacou o prefeito Jonas Donizette.
Ampliar
Durante o evento, o presidente da Sanasa agradeceu o trabalho de todos os envolvidos. “A obra foi executada em 29 meses e ficou muito boa. Agradeço a toda a equipe da Sanasa e à Caixa Econômica Federal, nossa grande parceira”, parabenizou Romêo.
O Reservatório São Vicente, assim como o do João Erbolato, entregue no dia 17 de agosto, também é de aço vitrificado, um material da Inglaterra que é resistente, de grande durabilidade e de baixo custo de manutenção.
Ampliar
Ao todo, foram investidos R$ 3.164.010,26, sendo R$ 2.847.609,23 financiados pela Caixa e R$ 316.401,02 de contrapartida da Sanasa. A obra foi executada pelo consórcio formado pela Fluid Brasil e Tecnologia Ltda. e pela Construtora Ediza Incorporação e Comércio Ltda.
Na próxima semana, dia 31 de agosto, será inaugurado o reservatório da FEAC (Vila 31 de Março), com capacidade para 2 milhões e 500 mil litros de água potável.
Ampliar
Campinas possui hoje reserva para abastecer a cidade por seis horas em caso de escassez. Com esses três novos reservatórios, e mais outros três que serão inaugurados nos próximos meses – DIC, Nova Europa e San Conrado (Sousas), a capacidade de reservação aumentará para dez horas. A Sanasa conta atualmente com 64 reservatórios de água potável espalhados pela cidade. Com mais esses seis, passará a ter um total de 70.


P-A - 24/08/2017